Biologia da obesidade e transtorno do humor

Nenhum estudo comparou diretamente a biologia da obesidade ou de suas doenças
relacionadas com a de um transtorno do humor. É digno de nota que vários
sistemas biológicos receberam estudos bastante extensos em ambas as
condições. Muitos desses estudos foram limitados pelo fato de que o humor (nos
estudos de obesidade) ou o peso (nos estudos de CMD) não foram controlados. No
entanto, foram encontradas anormalidades biológicas comuns, incluindo:
desregulação do eixo hipotalâmico pituitário adrenocortical-HPAC, desregulação dos
sistemas de neurotransmissores serotonina central, norepinefrina e
dopamina; níveis elevados de leptina sérica e proteína C reativa; resistência à
insulina; hipertrigliceridemia; diminuição do colesterol HDL e aumento da deposição
de gordura intra-abdominal.
7

Saúde mental e insegurança alimentar: As consequências da insegurança
alimentar para a saúde provavelmente vão além da subnutrição.
Poucos estudos conseguiram desemaranhar as múltiplas vias entre a insegurança
alimentar e o TMC. Existem pelo menos 3 razões pelas quais a experiência de
insegurança alimentar pode aumentar a probabilidade de TMC nos
indivíduos. Primeiro; indivíduos com insegurança alimentar podem ter dietas sem
micronutrientes essenciais. Resultados recentes sugerem várias ligações entre
deficiências de micronutrientes e DMC. Segundo; a experiência de insegurança
alimentar gera incerteza e imprevisibilidade na vida dos indivíduos.Jocross hapvida igarassu-pe